(Foto: Paulo César Senk Jr

(PMBC) Nesta sexta-feira (15) é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. Em Balneário Camboriú, desde abril do ano passado, o ABRAÇO – Programa de Proteção à Pessoa Idosa atende idosos vítimas de maus-tratos, violência psicológica e abandono. A equipe é formada por pedagoga, psicóloga, assistente social, uma advogada e um administrador.

Somente em maio, o Programa ABRAÇO realizou 246 atendimentos. Destes, 69 foram consultas psicológicas, 40 consultas de assistência social, 38 atendimentos por negligência, 27 consultas jurídicas, 16 por autonegligência, 12 por violência psicológica, quatro por abandono e um pedido de institucionalização.

De acordo com a psicóloga do programa, Caroline Baccin Testa, as consultas psicológicas têm maior número, pois iniciam através de todas as outras violências. “Muitas vezes precisamos sensibilizar os idosos e mostrar a eles que não estão sozinhos. Explicamos também algumas coisas sobre a violência financeira, que mesmo não sendo agressão, deixam feridas psicológicas”, explicou ela.

Neste mês, os idosos estão recebendo dicas de prevenção nos edifícios de Balneário Camboriú. A iniciativa é uma parceria com o programa Papo Reto da diretoria de Departamento de Juventude do município. O intuito, de acordo com a secretária da Pessoa Idosa, Christina Barichello, é entrar nos prédios para falar sobre a violência contra as pessoas. “O ABRAÇO se uniu ao Papo Reto para despertar mais amor e respeito ao próximo, com prevenção à violência”, pontuou ela. As visitas devem ser agendadas.

O atendimento do ABRAÇO é 24h, por meio de plantão telefônico, no (47) 3363-3020 ou presencial, de segunda a sexta-feira das 8h às 18h, na Secretaria da Pessoa Idosa, situada na Rua 1822 n° 614, entre a 3ª e a 4ª Avenida.