O Instituto Eco Cidadão, o restaurante Das Antiga Taquaras e programa Lixo Zero do Fórum de BC, serão alguns dos cases de sucesso nacional na redução de resíduos sólidos apresentados durante o I Congresso Internacional Cidades Lixo Zero, que inicia nesta terça-feira (5) e segue até sexta-feira (7), no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília.

O evento é organizado pelo Instituto Lixo Zero Brasil com apoio dos ministérios do Meio Ambiente e do Turismo, e do Governo do Distrito Federal.

No Congresso, serão apresentados cases de sucesso de países como Japão, Itália, Estados Unidos, Austrália, Suécia, Alemanha, entre outros. Além destes, os cases de sucesso nacional também serão destaque.

Balneário em destaque

No dia 7, último dia do Congresso, o Instituto Eco Cidadão foi convidado a apresentar cases de boas práticas na redução de resíduos, como o programa Lixo Zero do Fórum de Justiça de Balneário Camboriú, criado em 2016 e que no primeiro mês de implantação aumentou de 15% para 76% a separação de resíduos e o Programa APA Sustentável que deu ao MPSC a certificação de sustentabilidade no troféu Fritz Muller 2017.

“Resultados como estes, nos motivam a seguir na busca de uma sociedade com mais consciência ambiental em prática cotidiana, afirmou Luciana Andrea, coordenadora do Instituto Eco e embaixadora Lixo Zero BC. Luciana vai apresentar os cases de Balneário.

Outro destaque de Balneário Camboriú nos painéis do dia 7 é o Restaurante Das Antiga Taquaras, pioneiro no segmento a implantar o programa e o único que trata 100% de seus resíduos orgânicos, entre outras iniciativas dentro do programa lixo Zero, que segue na fase de implementação.

“Aprimorar sempre para preservar este paraíso onde nos encontramos, reduzindo impacto e alcançar uma certificação Lixo Zero é o nosso objetivo com o programa” declarou Fabiano Madalozzo, sócio proprietário.

O Congresso

As atividades dos três dias do I Congresso Internacional Cidades Lixo Zero incluem palestras, workshops, painéis e exposição e têm como público-alvo especialistas, gestores públicos, legisladores, sociedade civil, universidades, organizações não governamentais (ONGs), empresários, empreendedores, indústria e comércio.

Entre os temas tratados nos workshops e palestras estão: Como construir participação popular para o Lixo Zero, Gestão Pública de Resíduos Sólidos para o Lixo Zero, Envolvendo os Catadores para caminhar rumo ao Lixo Zero, Coleta Seletiva Porta a Porta Diferenciada – A revolução italiana.

A programação completa pode ser acessada no site www.cidadeslixozero.com.br.

Fonte: Página 3