Até quinta-feira (26), as 66 novas câmeras de segurança estarão instaladas em Balneário Camboriú, a maioria já entrou em funcionamento. Algumas delas fazem reconhecimento facial e outras de placas de veículos. A parceria entre a Polícia Militar e a prefeitura custou mais de R$ 150 mil e integra o Plano de Segurança Integrada, que visa criar um ‘muro virtual de segurança’ na cidade.

Mesmo já funcionando, o lançamento oficial acontece na quinta-feira (26), às 10h, na praça Tamandaré.

O secretário de Segurança David Queiroz conta que as 66 novas câmeras estão espalhadas em pontos específicos da cidade, tanto no Centro quanto nos bairros. Os lugares foram selecionados após um estudo que apontou locais com grande circulação de pessoas, além de pontos com incidência de crimes como furtos e roubos.

“Algumas delas fazem reconhecimento facial, outras de placas de veículos e há as que são apenas para monitoramento. No momento temos mais de 80 câmeras pela cidade, junto com os 10 totens. A ideia é até o fim do ano atingir o número de 250 câmeras, essa é a expectativa”, explica.

O investimento foi uma parceria entre a Polícia Militar e a prefeitura. Os gastos foram ‘divididos’ e giram em torno de R$ 150 mil.

“Essa ação integra o nosso projeto do muro virtual de segurança e é um grande passo para Balneário ser um case de sucesso na área da segurança. Já conseguimos realizar prisões com as câmeras de reconhecimento facial que temos e com essas novas a tendência é que isso se potencialize ainda mais”, completa.