Marco na engenharia brasileira, Balneário Camboriú entra para a história do país ao ser a cidade onde foi feita a primeira concretagem de uma laje a 201 metros de altura. O trabalho no edifício Infinity Coast, projeto da FG Empreendimentos, corresponde ao 66º andar daquele que será o maior residencial do Brasil.

Todo o projeto conta com elementos inovadores da engenharia mundial. Com assinatura do engenheiro civil Gustavo A. Simas, o Infinity Coast terá 70 lajes.

“Todo o projeto é muito detalhado, requer uma equipe especializada para cuidar dos diferenciais, afinal, este é o maior prédio do país, tudo é novo neste contexto da altura projetada”, ressalta Simas.

Os elevadores, por exemplo, são da Thyssenkrupp e terão tecnologia active roller guide, uma espécie de suspensão ativa do elevador que reduz as oscilações dentro da cabine, proporcionando maior conforto ao passageiro durante a viagem. A tecnologia foi totalmente desenvolvida por especialistas brasileiros e seu alto desempenho pode ser conferido em grandes empreendimentos pelo mundo.

Além do active roller guide, os elevadores do Infinity contarão com outros atrativos tecnológicos. Entre eles o quadro de comando TAC32T, tecnologia responsável pelo controle total do equipamento e disponível em alguns dos arranha-céus mais altos do mundo.

Entre as inovações do TAC32T destaca-se a função de reduzir a velocidade ou até desligar o elevador em condições severas de vento. Um diferencial importante para elevadores de grande percurso que contam com um sensor que mede a velocidade do vento, o anemômetro, no qual o TAC32T é ligado para atuar se for necessário.

A FG

A construtora catarinense entregou 42 empreendimentos em seu tempo de atuação no mercado, incluindo os mais arrojados projetos que ganharam visibilidade internacional.

São mais de duas mil unidades de moradia. Importante ressaltar que a empresa possui um extenso Land Bank com potencial construtivo de mais de R$ 10 bilhões em Valor Geral de Vendas e ofertas diversificadas de produtos para atender a todos os públicos, disponibilizando imóveis a partir de R$ 400 mil até patamares superiores a R$ 20 milhões.

Fonte: Página 3