Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A 10ª edição dos Jogos Escolares de Balneário Camboriú da categoria mirim (Jebequinho) inicia na sexta-feira (29), com uma solenidade de abertura no ginásio Irineu Bornhausen, às 14h30.

Este ano os estudantes de 10 a 12 anos de 20 escolas municipais, estaduais e particulares, competirão em 11 modalidades: atletismo, basquete, capoeira, mini futebol, mini handebol, judô, queimada, surf, mini voleibol, xadrez e tênis de mesa.

A 7ª edição do ParaJebc será disputada junto com o Jebequinho, na modalidade de paratletismo (75m rasos, salto em distância e lançamento de pelota para estudantes de 10 a 17 anos), mas a título de participação e incentivo. Não haverá pontuação. Todos receberão medalhas.

Os jogos terminam dia 15 de julho.

No ano passado participaram quase dois mil estudantes do Jebequinho. Este ano as inscrições em algumas modalidades encerram na véspera, por isso a organização ainda não tem o número de inscritos.

O campeão geral do Jebequinho ano passado foi o colégio Tomaz Francisco Garcia, do Bairro dos Municípios.

O superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) David La Barrica disse que o principal objetivo desta competição é incentivar e estimular a prática e o gosto pelo esporte. É uma boa oportunidade de desenvolver o espírito de equipe

“Motivar os pequenos para a prática é uma forma de utilizar o esporte como agente transformador das futuras gerações”, acredita o chefe dos esportes municipais.

A diretora de esportes da Fundação e uma das coordenadoras do Jebequinho, Mariana Dalvesco lembrou que a competição pode abrir portas para futuros atletas de rendimento. O melhor exemplo dessa realidade são as irmãs Tabata e Alice Zucchi, reveladas no Jebequinhos, quando estudavam no colégio Medici.

“Elas surpreenderam e seguiram carreira no atletismo (salto com vara), representaram Balneário Camboriú em competições estaduais e nacionais, conquistaram muitos títulos. As duas cursaram educação física e hoje são professoras da Fundação, Alice no atletismo de rendimento e Tabata no paratletismo”, destacou Mariana.

A organização do Jebequinho é uma parceria entre a Fundação Municipal de Esportes e a secretaria da Educação.

Mariana explicou que a Fundação é responsável pela organização dos jogos, chaveamento, sorteio, congresso técnico, fornecimento de material, logística de locais de competição e a Educação coordena as modalidades de capoeira e jogo de queimada, porque estas duas vem do projeto Oficinas que pertence à Educação municipal.

A programação, locais de jogos e mais informações: Fundação Municipal de Esportes (47) 3360-0144

Fonte: Página 3