Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A tetracampeã mundial de Vert, Karen Jonz, é uma das atletas confirmadas

A Praia Brava está recebendo grandes nomes do skate. Atletas de renome nacional e internacional participam do Oi Park Jam, que acontece no espaço do Edem SkatePark.

Os treinos oficiais começam nesta quarta-feira (24) e seguem até sexta (26). A entrada é franca. No final de semana acontecem as finais, que serão transmitidas pela TV. Há venda de ingressos para uma arquibancada especial com acesso a uma área de gastronomia. Os ingressos podem ser adquiridos neste link.

Também haverá 1,2 mil lugares em arquibancada gratuita.

Expectativa

Élder Leão, que está na produção do evento, conversou com um dos sócios do Édem Skatepark, Gabriel Possignollo.

“Pra gente é uma expectativa muito grande fomentar ainda mais o skate na região. O público vai poder assistir de perto esses grandes skatistas que já são seis vezes campeões no mundo. Pra gente vai ser muito legal porque a pista é de nível internacional e com uma cena que está começando, com certeza teremos em alguns anos atletas profissionais saindo desse nicho aqui”, disse Gabriel.

Programação

24 a 26/01 – Treinos oficiais.

27/01 – Classificatórias e semifinais, com transmissão ao vivo do SporTV.

28/01 – Finais feminina e masculina com transmissão no Esporte Espetacular, na TV Globo.

A programação inclui festas depois dos treinos, de quarta a sábado. No domingo, após a grande final, acontece o After Party oficial.

Os destaques

O catarinense Pedro Barros, hexacampeão mundial, figura entre os principais destaques, além do campeão mundial Rony Gomes (foto), o bicampeão mundial Alex Sorgente, além de Felipe Foguinho, Vi Kakinho, Murilo Peres, Cory Juneau e Josh Borden.

Esta será a primeira competição internacional na pista da Brava, inaugurada há pouco mais de um ano.

Entre as mulheres, o destaque vai para a campeã brasileira Yndiara Asp, melhor brasileira classificada no ranking mundial, a campeã brasileira e pan-americana Dora Varella, a tetracampeã mundial de Vert Karen Jonz e a campeã mundial amadora Letícia Gonçalves.
A competição terá premiação total de R$ 80 mil (feminino e masculino).

Park na Olimpíada

O torneio servirá como apresentação da modalidade Park, que fará parte dos Jogos Olímpicos 2020, no Japão. A modalidade Park é uma mistura de bowl (que tem formato de piscina, com paredes de 3 a 4 metros), banks (mesmo formato, mas com paredes menores) e um pouco de street. Os obstáculos precisam de conexões, para que o atleta consiga completar uma manobra e entrar em outra transição para emendar mais manobras.