Pita Camargo com a BIO VIDA

O escultor Pita Camargo instalará a BIO VIDA III, sua terceira obra, no fundo do mar, no próximo domingo (3), na praia da Sepultura, em Bombinhas. Ao contrário das duas anteriores, a Bio III será instalada em profundidade acessível a mergulhadores. O objetivo do artista é criar uma Galeria Subaquática.

O PROJETO

O projeto artístico de submersão de esculturas em mármore começou em 1993, na Ilha da Galé, na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. A primeira peça ele batizou de BIO VIDA 1 e foi instalada dentro das comemorações do primeiro ano de emancipação de Bombinhas.

“Em março daquele ano houve um grande evento de preservação, que culminou com um abraço simbólico com diversos barcos que acompanharam a instalação da escultura até ao fundo do mar, e grande apoio da mídia”, lembrou o escultor.

A segunda escultura o artista chamou de BIO VIDA II e a peça foi submersa em 2014, na Ilha do Arvoredo, no Saco do Capim. O processo é difícil e trabalhoso. O artista recebeu ajuda da iniciativa privada e da equipe do Veleiro Amazonas III.

Pita Camargo criou o projeto com a proposta da reflexão sobre a preservação marinha do entorno no litoral catarinense e da Reserva Biológica do Arvoredo e escolheu Bombinhas que tem tradição no mergulho, podendo no futuro auxiliar no desenvolvimento do turismo náutico e cultural daquela região. Uma galeria de esculturas no fundo do mar poderá futuramente tornar-se uma atração turística internacional.

As esculturas são uma doação do artista e o projeto recebeu autorização da Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos.

BIO VIDA III

A instalação começará às 10h com o apoio do Veleiro Amazonas III, operadoras de mergulho, secretaria de Turismo de Bombinhas, Associação Náutica (Acatamar) e pescadores locais que sempre participam da solenidade.

Instalação da BIO VIDA II 2014 – Foto Anselmo Doll

Share This