O projeto Praia Limpa, criado pela secretaria do Meio Ambiente, para orientar sobre questões ambientais, manter a areia cuidada e o turista informado, vem com novidades nesta temporada: além dos objetivos básicos vai desenvolver o tema ‘De olho no lixo marinho’, para chamar atenção para uma realidade que não pára de crescer.

A diretora da secretaria do Meio Ambiente e responsável pelo programa, Carla Cravo, explicou que a ideia é provocar as pessoas a refletir sobre atitudes ambientais. Por isso, será montada uma maquete mostrando o percurso do lixo que é jogado nas ruas, calçadas, a chuva leva para a boca de lobo e dali fatalmente vai cair no mar, principalmente o microlixo, tampinhas etc.

“Esta maquete ficará próximo às tendas para que as pessoas olhem e reflitam sobre o assunto”, disse.

Com o mesmo objetivo será montada uma exposição fotográfica itinerante, que passará pelas praias do programa e outra que será permanente na Passarela da Barra. “Serão imagens de impacto e outras com animais saudáveis, para mostrar o contraste e como é importante cuidar do meio ambiente”, detalhou Carla.

Programa cresceu

Além da praia Central, este ano o programa atenderá as praias de Taquaras, Estaleiro e Estaleirinho, as três que estão em busca da Bandeira Azul, um selo de certificação ambiental.

Abrindo o leque

Outra novidade é que das 32 vagas para trabalhar, 16 serão destinadas para acadêmicos de educação física. As restantes estão abertas para qualquer curso de graduação. Até então o projeto só aceitava estudantes de áreas ambientais e ano passado teve dificuldades para preencher.

Os 16 estudantes de educação física atenderão outra novidade do projeto: irão desenvolver atividades recreativas, todas ligadas a questões ambientais, nestas quatro praias, interagindo com os turistas. “Minha defesa para chamar acadêmicos de vários cursos é que precisamos envolver mais gente nas questões ambientais, quanto mais melhor”, acrescentou.

Parceria nova

Carla Cravo contou que outra novidade será a parceria com o Corpo de Bombeiros, as tendas do Praia Limpa estarão perto dos postos de salva-vidas facilitando ação em conjunto.

Como faz todos os anos, o projeto distribuirá sacolas para lixo e pulseiras de identificação.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail praialimpa2018@gmail.com, até dia 18 de dezembro. Enviar currículo e informar um e-mail e telefone para contato.

Podem participar acadêmicos da Avantis, Univali, Udesc, UFSC, FLC, IFC, Uniasselvi, Unicesumar e UniSociesc. A carga horária dos acadêmicos será de seis horas por dia, com uma folga semanal. A remuneração será de um salário mínimo e meio para os 45 dias de trabalho.

O projeto será executado de 2 de janeiro a 15 de fevereiro.

Informações: 3363-7145