O brasileiro Querida Mamãe estreia na Arthouse

O Circuito de Cinema traz para a tela da Cineramabc Arthouse de quinta a domingo filmes de longa-metragem, brasileiros e estrangeiros, que estão em cartaz no circuito brasileiro de salas de cinema. Esta semana conta com duas estreias da América Latina. O primeiro deles é o brasileiro Querida Mamãe, de Jeremias Moreira Filho, que passou pelos festivais FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa; OUTshine Film Festival; Chicago Latino Fil Festival; e a 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

O segundo é o argentino Uma Espécie de Família, do diretor indicado ao Festival Cannes – Diego Lerman. O longa-metragem foi vencedor de prêmios nos festivais de Miami, Chicago e San Sebastián.

Permanecem em cartaz também Deixe a Luz do Sol Entrar, da diretora Claire Denis, estrelado pela vencedora do Oscar Juliette Binoche e Gerard Depardieu, longa-metragem escolhido para servir de abertura na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, na qual venceu o prêmio de melhor filme francês; e Em Pedaços, do premiado Fatih Akin, vencedor do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro deste ano e do prêmio de melhor atriz (Diane Kruger) no Festival de Cannes.

SINOPSES

Querida Mamãe, de Jeremias Moreira Filho

(Drama – 95 minutos – 12 anos – 2018 – Brasil)
17 a 20 de maio, às 20:35

Sinopse: Helô (Letícia Sabatella) tem uma relação conturbada com sua mãe Ruth (Selma Egrei) além estar presa em um casamento infeliz. Tudo muda quando ela conhece Leda, por quem se apaixona e começa um empolgante romance. A nova relação não é bem aceita nem por sua família e muito menos por Ruth, o que potencializa o atrito entre as duas.

“Foram 11 anos de espera até que a peça teatral ‘Querida Mamãe’, escrita por Maria Adelaide Amaral, enfim chegasse às telas de cinema. O tempo de espera, entretanto, não fez mal ao texto: os temas da incomunicabilidade e do preconceito estão mais vivos do que nunca, como se pode conferir em rápidas visitas às redes sociais” (crítica de Francisco Russo, do site Adoro Cinema). “[O filme] mostra o quão insalubre pode se tornar uma relação quando não se tem o apoio de quem se ama” (crítica de Caio Alexandre, do site Pop Cultura).

Uma Espécie de Família, de Diego Lerman

(Drama/Policial – 95 minutos – 10 anos – 2017 – Argentina/Brasil/França/Polônia/Alemanha/Dinamarca)
17 a 20 de maio, às 19:00

Sinopse: Malena é uma médica de classe média de Buenos Aires determinada a se tornar mãe. Ela viaja sozinha para o interior da Argentina com o objetivo de adotar um recém-nascido e, na viagem, confronta diversos limites morais que a fazem se questionar até onde é capaz de chegar para formar a família que deseja.

“Um filme tão enigmático quanto lúcido, tão cerebral quanto desconcertante” (crítica de Luis Martínez, do jornal El Mundo). “Bárbara Lennie é a alma do filme” (Pablo A. Scholz, do jornal Clarín). “O argentino Diego Lerman explora as implicações morais e ramificações da adoção […] em um filme que tem respeito igual por seus personagens, seu tema [adoção] e seus espectadores” (crítica de Jonathan Holland, do site The Hollywood Reporter).

Em Pedaços, de Fatih Akin

(Drama – 106 minutos – 16 anos – 2017 – Alemanha/França)
17 e 19 de maio, às 17:15

Sinopse: Após cumprir pena por tráfico de drogas, o turco Nuri Sekerci (Numan Acar) leva uma vida amorosa e tranquila com a esposa Katja Sekerci (Diane Kruger) e o filho Rocco na Alemanha. Certo dia ele e o menino estão no escritório e morrem vítimas de uma explosão criminosa, tragédia que deixa Katja sem chão. Ela batalha na justiça pela punição dos culpados, um casal neonazista, e, insatisfeita com o desenrolar do caso, decide pela vingança com as próprias mãos.

“O premiado diretor de origem turca Fatih Akın aborda em seu novo filme não só o crescimento da xenofobia (que é global), como a alarmante nova ascensão do nazismo em seu país, a Alemanha. […] O barato de Em Pedaços é perceber os processos de Fatih Akın para manipular o público em torno de uma proposta, ou apenas senti-los. […] Diane Kruger, que veicula e transborda com maestria as emoções pensadas pelo cineasta — e, assim, carrega o filme nas costas.” (crítica de Rodrigo Torres, do site Adoro Cinema)

Deixe a Luz do Sol Entrar, de Claire Denis

(Drama/Comédia/Romance – 94 minutos – 14 anos – 2017 – França/Bélgica)
18 e 20 de maio, às 17:15

Sinopse: Isabelle é uma mãe divorciada, artista plástica de sucesso e mora em Paris. Apesar de viver na cidade do amor, ela não tem muita sorte em seus relacionamentos, mas nunca desistiu de encontrar o parceiro ideal. Ela está em busca de um novo amor, mas um que seja verdadeiro.

“Denis e Binoche fizeram um filme que é tanto esperto quanto sexy, impregnando nova excitação e admiração nas conexões emocionais que nos definem.” (crítica de Joe Blessing, do site The Playlist)

“Este é um filme adulto, mais saboroso do que doce, sedutor, oblíquo e carregado por uma performance maravilhosamente inteligente e emocionante de Juliette Binoche – que entrega o material soberbamente, material que quase qualquer outra pessoa soaria dispéptico ou absurdo.” (crítica de Peter Bradshaw, do site The Guardian)

INFORMAÇÕES

Endereço: Cineramabc Arthouse / Rua São Paulo 581-1 / Bairro dos Estados / Balneário Camboriú / SC
Ingresso: R$ 22,00 (inteira) ou R$ 11,00 (meia) à venda na bilheteria do cinema
Bilheteria: de terça a domingo das 16:00 às 22:00 / Dinheiro, Débito ou Crédito
Mais informações http://arthousebc.com

Fonte: Página 3